IT Security Conference: "é importante que os analistas mantenham uma relação saudável com os expert com quem trabalham"

O dia 12 de maio de 2017 ficou na memória de José Alegria, Chief Security Officer (CSO) da Altice Portugal. Esta foi a data em que o mundo sofreu um dos maiores ataques de ransomware de sempre, em que o vírus WannaCry se espalhou por milhares de computadores com sistema operativo Windows, em cerca de 150 países. Em Lisboa, a Altice não foi exceção e, como revela José Alegria, "esse foi o dia em que mudámos a nossa abordagem à cibersegurança".


No palco da IT Security Conference, o CSO alerta para as caraterísticas catastróficas que ataques como este podem gerar nas empresas e na economia, com forte impacto no Regulamento Geral da Proteção de Dados (RGPD) das organizações. É por isso que recomenda uma abordagem holística da segurança, um caminho que a Altice começou a trilhar em 2017 e que, na opinião de José Alegria, já está a dar frutos. Governança, inibição, defesa, resposta e recuperação são as dimensões da cibersegurança que o CSO recomenda que as organizações tenham em mente quando iniciarem a sua transformação. "Ao olhar de forma abrangente todas as áreas de uma organização será mais fácil implementar uma abordagem que garanta a integração de prevenção, proteção e recuperabilidade ativa", assegura, alertando a importância do tema ser abordado como um trabalho de equipa.


IT Security